sábado, 31 de maio de 2008

Amy Winehouse, salvem-na...

Confesso que estou chocada.
Não gosto de assistir à degradação humana, muito menos quando ela é explorada em directo.
Foi-me penoso ver o que vi.
Diante de 90 mil pessoas estava uma pessoa que merecia ser ajudada e não exposta.
Ontem Amy Winehouse subiu ao palco do Rock n Rio e ninguém a impediu.
Nota negativa para os organizadores do Rock n Rio.
Após os 45 minutos de atraso e toda a especulação anterior do público se Amy viria ou não, teria sido fácil tomar a decisão de não a deixar subir ao palco.
Foi muito pior vê-la no estado em que estava, sem voz, perdida, a cair no palco, a esquecer as letras, de olhos revirados e andar bambo, agarrada a uma guitarra eléctrica sem saber o que fazer com ela, hematomas no pescoço e uma mão ligada que não a deixava segurar no microfone.
E... não fizemos nada.

1 comentário:

marianinha disse...

Também con,também não gosto de ver a degradação humana,mas o que se pode fazer,quando os organizadores só pensam em dinheiro esquecem-se do ser humano