segunda-feira, 3 de novembro de 2008

Não conseguiria escrever melhor o que sinto...

Tropecei, num dos blogues (http://ana-de-amsterdam.blogspot.com/) que leio frequentemente, nesta pérola, sobre as novas políticas educativas, para que as estatísticas da educação nos sejam mais favoráveis (digo eu claro).

E mais não digo, porque perante tais palavras, não é necessário!

Já me levantei mais entusiasmada para enfrentar o meu dia de trabalho.
Hoje, duas jovens entraram a medo no meu gabinete, uma africana e uma moldava, uma avançou e disse num sorriso tímido: "A senhora parece muito simpática e nós precisamos muito de ajuda".
O que resta do meu entusiasmo é por elas.

1 comentário:

luzinha de presença disse...

Na mouche!
Que bem escrito!
E é isso mesmo que eu penso também.